terça-feira, 6 de maio de 2008

As Sacerdotisas da Magia Evoriana - Deusas Ciganas e Bruxas

A primeira idéia quando falamos de “Bruxaria” é o fato de ter se arraigado na sociedade em geral a associação das Bruxas com o Satanismo, o que é uma idéia errônea e injusta. Quando se fala de Ciganas que praticam Bruxarias, logo se pensa nas Evorianas com suas linhas de magia que fazem uso total de seu conhecimento, do manancial mágico e de sua astúcia feminina. O conhecimento que produz muitas ações mágicas que impõem um certo “medo” no geral. Mais posso lhes afiançar que não é nada disso. A Bruxa e a Cigana que pratica Bruxaria são mulheres femininas, conhecedoras sim, do que a natureza exibe aos olhos de quem conhece seus poderes, e assim pode lançar mão do natural, e fazer com que o sobrenatural aconteça, aproveitando os recursos para obter o que desejam, seja para si ou para outrem.

A semelhança entre as duas é o uso da magia natural, que utilizam para melhorar suas vidas, utilizam-se das “armas” das quais tem controle para atingir suas metas. São mulheres especiais, que através do poder mágico podem auxiliar os seus familiares, amigos ou as pessoas que compõem a sua clientela (que pelas quais tem profundo amor). São pessoas que amam os prazeres da vida, amam indicar o caminho e trabalhar em cada um, a sua força e o seu poder.

As Evorianas, em geral, tem ainda o dom e o poder da palavra. Tem capacidade de trazer a tona o melhor de cada um. Estas sacerdotisas trabalham espiritualmente dentro destes princípios e põem em pratica, atraindo para si e para outros, o sucesso pessoal, o poder realizador, a beleza, e tudo o que for luz para os seus caminhos. Utilizam rituais próprios para cada ocasião, manipulando o etéreo para atingir seu objetivo. A feminilidade facilita a magistica. Como verdadeiras guerreiras, são brilhantes, capazes e amigas, e livres de dogmas e do obscuro.

Estas magas são diferentes, cada mulher é uma estrela brilhando em sua própria órbita. Uma mulher livre é aquela que não se importa com a sociedade, com o que as pessoas vão pensar, não se importa de fazer o que realmente tem vontade, ama dar e receber prazer. As Bruxas e Ciganas Evorianas são sacerdotisas que não se prendem a conceitos, e muito menos ao que venha dizer seus vizinhos sobre sua postura diante do mundo. Somos seguras de atos e pensamentos. Após avaliar, temos capacidade de saber tudo o que gostamos, com isso fazemos sempre o que é bom, o que nos trás luz. E atraímos isso pelos princípios inteligentes, com estratégia, com esforço, e, sobretudo com magia. Sempre será no intuito de se sentir cada vez melhor e poder auxiliar os que nos buscam..

Temos plena consciência que quanto mais nos amarmos, mais amor poderemos doar aos nossos. Não somos limitadas, somos também mães, esposas, profissionais, fazemos todas as coisas que qualquer mulher pode fazer e é justamente aqui que quebramos todos os mitos deturpados que criaram diante do que equivocadas pessoas podem pensar. Sim, nós somos seres "comuns", nós amamos, nós criamos filhos, nós temos marido, família, trabalho e lar e os protegemos com toda a força que temos, lutamos pelos nossos com garra, pois eles são o reflexo de nossa beleza e amor próprio. Durante séculos criaram uma imagem errada da mulher, fomos vistas como escravas, rainhas do lar, inferior, irracional.....E nós estamos aqui para mostrar que não, que temos nosso valor e que não aceitamos mais sermos vistas como diferentes, mais sim caminhar como iguais, sempre pronta a tornar a vida em algo prazeroso e digno.

Nós somos aquelas que não colocamos ninguém acima de nós, que não fazemos nada que não seja de nossa vontade. Somos guerreiras, mães, feiticeiras, mulheres e que usamos toda nossa força de pensamento. Nós Bruxas e Ciganas Evorianas somos Deusas!

Ramona Torres (Cigana Kalon Evoriana – Escritora e Oraculista)

Membro da CDCC/PT – Centro de Defesa da Cultura Cigana de Portugal.

Membro da Sociedade dos Clãs de Magia e Cultura Kalon Evoriana.

ramonatorres@ig.com.br - http://ramonatorres.blogspot.com

http://www.orkut.com/Profile.aspx?uid=18434082102510156061

3 comentários:

Bárbara M.P. disse...

Olá Ramona,

Estou encantada com teu blog... O site da Luna me fez chegar até aqui e foram muito bons os ventos que cá me trouxeram...

Sou publicitária e tenho um blog de textos no endereço que se chama "Cartas trazidas pelo vento". Lá, hoje publiquei um texto sobre uma partida. Um amor "de saída". Alguém que se vê tendo de partir para outro lugar por não ter mais o que fazer (ou como fazer) em um mundo que dividia com outro alguém. A tradição e origem ciganas foram utilizadas como minha metáfora para descrever o sentimento que carrego. Conheci esta página em uma pesquisa no Google e seria uma honra se pudessem ler este pequeno texto quando for possível. É uma desabafo, uma alusão. Mas também uma homenagem.
Aliás, parabéns por esta página, muito bem elaborada e de textos belíssimos.

Um abraço querida,
Bárbara M.P.

Ramona Torres disse...

Barbara querida! Uma honra foi receber teu comentario, e uma felicidade de saber que você gostou. Pois sou uma escritora de vocação, costumo dizer que nasci para "parir" livros, rs rs rs..... Apesar de nao ter formação em Letras, mas sim em Turismo (enganos da juventude). Adoraria ler o texto mencionado por ti sim, acho que poodemos trocar umas figurinhas em muito boa hora, pois também escrevo outras coisas. Meu e-mail é ramonatorres@ig.com.br, bjs minha linda e grata mais uma vez pelo comentario!

Ângelo Maldovick disse...

Olá Ramona!!! Confesso que fiquei muito encantando com seu artigo e te digo que pessoas como vc é que fazem a diferença quando o asunto é conhecimento e seriedade... Parabéns por sua sabedoria e que Sta Sara kali continue a te adornar com muita sabedoria e luz... Baxt!!!