quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Mês de Janeiro 2012 - Imperdível!!!!!!!!!

Ramona Torres - Shuvanni & Lilieskina
Minha foto
2012, Ano que se inicia, por isso preparamos, novidades especiais, que somente pode abordar estes tópicos quem sabe. Quem conhece a realidade de debaixo da lona, venha aprender com uma Kallin, sem enfeites, venha conhecer o que somente uma raty, pode trazer pra voce!

Curso Regular - “Drab Jandon”!
Curso Regular - “Cartomancia Tradicional”!
Curso de Férias - “Astrologia Cigana”!
Workshop - “Mandingas de Cartomante”!
Curso - “Perfumaria Mágica do Povo Cigano”!

Curso - “Potes Ciganos”!

Palestra - “Mistérios Ancestrais”!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Kalinatura Kaló!


     Hoje meus leitores, estou num clima meio a meio, meio Machadiano, meio Ramonistico (risos...), mas fato, é que quando penso no segundo ano do inicio de uma jornada inédita, começo a pensar na idéia de como será daqui a alguns anos.
     Penso que quando iniciei o Curso “Tsara Gitana”, com conteúdo jamais visto por gadjós, sabia eu que estava a trazer de dentro das Kumpanias Evorianas, nossa essência mais profunda. Porém sabia também que muitos trariam seu “Compromisso” astral, assumido diante das palavras sagradas, com Amor Intenso, Visceral e para a Vida Toda. Outros não, talvez não estivessem prontos para a grandeza do presente. Isso não me desanimou, nem me fez parar. Cigano é assim. Quando se propõe, vai até o fim.
       Mesmo assim, com três turmas neste momento em andamento, posso dizer, como vale a pena dar conhecimento e libertar conceitos, trazer luz, a médiuns que hoje fazem um trabalho lindo, a partir de minhas palavras despidas de medo (que aliás, é uma palavra que não existe no meu dicionário), auxiliando, trazendo luz e mesmo os que não fazem bom uso do que foi ofertado, valeu a pena sim. Afinal a noz da o fruto e nem todos gostam dela, não é verdade?
        Eu poderia dizer milhões de ditados de meu Povo, mais usarei somente três que traduzem este momento: “Não se mata Camelo a Faca, deixa que ele morre sozinho”, “O Rio que esquece onde nasce, um dia seca” e “Só leva pedrada arvora que da fruto“...
       O Tsara Gitana, me deu, e nos deu, dizendo de mim e Elis (minha Manouche mais Amada), nos deu um aprendizado valioso a respeito do ser humano. Aprendemos sobre o Amor, a Fidelidade, a Lealdade, a Amizade, sobre os Espíritos, sobre a Inveja, a Cobiça, o querer se Sobrepor, as Fantasias Humanas (no bem e no mal), a Carência, a Ingratidão, a Loucura, sobre a Traição, a Influência Nefasta, sobre a Mentira, as Incertezas, a Bajulação, sobre a Ambição Mediúnica e tantos outros sentimentos, que poderíamos escrever um livro.
        Kalinatura é um momento único, de emoção, de lagrima, de felicidade, que só pode saber o que se passou no intimo de cada um, quem passou por um autentico Chancelamento Kaló Evoriano, feito por quem sabe mover as energias, com tanto Amor.
            Mesmo assim hoje, depois de literalmente “dar a Cara para Bater”, sei que nossa CORAGEM e Determinação, nos faz colher Flores preciosas num Jardim, que tem a nossa Marca, que se traduz, em Transparência, Raiz, Respeito, Seriedade e Amor à Ramasordé.
         Assim posso dizer os que nao se consideram Crivons, não é problema nosso, pois vieram aqui beber na minha fonte, o que fazer, quem é, é, quem tem, tem......rs rs sr sr..... Queiram ou nao nasceram no nosso chão.....
        Meus Afilhados, meus queridos, fico sempre  lembrando a vós, que és responsável por seus atos. Nosso chão lhes pariu, parimos Pérolas, agora o que fizerdes é seu! Boa jornada!

Parabéns! Ankipari!
Kalinaturados entre 2010 e 2011.
Nossos Crivons
Lhaer Kalinata/ Ratói ki Ritj Shuvanji em nossa Kumpania Kaló
Cícero Neto, Tânia Mara, Andrea Reis, Helena Cristina, Paola Silva, Monica (da Rosa dos Ventos), Valeria Almeida, Christiane, Darlene, Leila Dutra, Bruno Filhagosa, Sonia Regina, Adriana Lima, Roberta Mello, Isabel Gueiros, Dalva Regina, Marília Souza, Jorge Salles, Monica Dias, Elailson Dias, Jeanne Magri, Jorge, Janaina Cordeiro, Celi, Fabiano Fernandes, Ana Claudia, Taíse Gonçalves, Meire, Eliane Braga, Eliane Feliphe, Áurea, Taísa, Luciana Venafro, Marco Aurélio, Telma Regina, Newton Filho (Zankh), Margareth Martins, Henrique, André Reis, Danielle Borelly, Monica Denolato, Cecília Inez, Márcia Andrea, Jaqueline, Cristiane, Ana Cristina do Egito, Fabiano Ferolli, Fernando, Rosangela, Filipinho, Edlaine, Jéssicka, Bárbara, Patrícia, Gislaine, Ana Maria Dibe, Evaldo, Ibeque, Cínthia, Ivete Almassy, Marcelo Tonhoque, Ana Clara, Marco, Ingrid, Eliane Couto, Edmilson Sobreira, Vanderson Bittencourt, Luis Augusto Martins, Cristiane Nascimento, Luciana, Solange, Carlos, Irene, Sheila, Tatiana Sitael, Viviane, Amélia, Frank Delmiro, Jane, Marco, Michelle, Janne Cigana, Danni Barradas, Edilson Dias, Janaina Dias, Marisa, Terezinha, Regina, Silvana, Katia, Elisa, Janaina Francisco, Janaina Bastos, Simone, Damaris, Maria Alice, Denise, Eunice, Rosenir, Raphael, Viviane, Lurdinha, Martha, Carmem e Fátima Angolana.

E de repente acontecem Momentos Especiais!


       Foi assim, em meio as tarefas do dia a dia, uma mensagem no celular, um convite simples.... E eu preguiçosa que sou, penso que sim, vou sim, vou aproveitar esse momento de estar com os amigos, mas não pensava que ali, sem pretensões, brotaria horas tão especiais.
      Foi assim meus leitores, um combinação simples de cumprir, ir ate uma adega tomar um vinho, uns bolinhos, um caminho por ai...

        Mas a galetzeira que vive em mim foi desperta e eu lembro: Tem camarão na geladeira! Pensei, fritinho com uma maravilhosa lovina gelada, que bom!
       E o gato que mora em todos nós, celebrou, dizendo que aprovava a idéia, que adorava! Mas gulosa como sou, assumida e descrente (santa preguiça de fechar a boca) de dietas, pensei e depois? O que será de nós depois? risos!
      Bem o tempinho chuvoso pedia um fondue Zinho de chocolate com frutas da estação, era boa pedida, mas faltava algo, e assim logo pensei no mercado amigo, quase na porta de casa, que logo ao entrar, vi a santa seção que me disse que champanhe era a solução!
     E ai a francesa, que fica dentro da cigana dando palpites, disse: Sou eu que dou as cartas, ficou resolvido: Champagnhe. E assim foi posto, camarão com cerveja ou vinho, e fondue de chocolate com champagnhe. Sei que os mais tradicionais diriam que não combina. Mas e ai? A gente precisa experimentar tudo, e se assim não fosse, japonês não comeria feijoada, não é mesmo?
      Mas o bom mesmo foi que depois de muitos camarões, garrafas de vinho, cerveja e champanhe com fondue, recobrindo frutas como bananas, damascos, cerejas, maças e uvas, foram preenchendo as horas de delicias, da vivencia daquele momento.
     E assim percebi que ao estar com meus amigos, olhando, olho no olho conversando, rindo, contando estórias, tive momentos preciosos, incluindo os tickes de meu grande amigo, grande bailaor, falante com aqueles olhos vivos, de criança travessa que sorri e abrilhanta tudo a seu redor....
     Um momento único! Especial!
      Assim eu fui presenteada, numa quinta feira chuvosa, pelas conversas e palavras gentis, de apoio, de riso, de cumplicidade, não aquela cumplicidade feita pelo álcool, mas por aquela que se vê dentro dos olhos das pessoas, e foi isso que eu vi.
        Agradeço-vos meus amigos queridos, pela noite, pelas conversas, pela companhia, me senti, como nos bródios de minha kumpania anos atrás, pela saudade da alegria que me faz saudade.
       Rodeada assim de pessoas “minhas”, posso falar sem pensar, sem pisar “devagarzinho”, porque não precisava, não necessitava disso não. Ali estávamos, ali pessoas de valor. De conduta, postura, e coragem diante da vida!
      Agradeço-vos, pelas horas preciosas (e muito divertidas). Depois dormi com um bebe, inebriada pelo brilho do ouro verdadeiro e orgulho de ser amiga destas pessoas que são nada mais do que integras na essência. Amigas das pessoas como elas são.
Lacio Badilê!

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Regente do Ano de 2012 - Cigano Sandro!

Cigano Sandro e o Ano de Cura Espiritual

No Ano de 2012, a Paixão, a Essência da Alegria Cigana, estará no ar, e na mesma intensidade, a Cura dos Males, Fisicos, Mentais e Espirituais. A presença da Força do Cigano Sandro, esta presente, abrindo canais e ouvindo a todos, sem distinção.
Por isso publico a pedidos um pouco da Historia deste grande Mestre Cigano do Astral, que é o "CIGANO SANDRO"

SUA ORIGEM E HISTÓRIA DE SUA VIDA
           O Cigano Sandro é de origem Sul-Americana viajou muito pelo mundo, principalmente pela América do Sul, onde encontrando-se com irmãos de raça Kalon como ele, brilhou como grande artista que foi. Sandro é de temperamento bem latino, é caliente, intenso, passional, desde a sua personificação ao seu vocabulário, tudo o pode rotular como latino. Este Cigano foi um grande bailarino, e viveu muito á noite. Disse-me ele que em sua última passagem pela terra, passou em Córdoba (Argentina), onde já era quase sedentarizado, morava em um teatro/bar, onde fazias suas apresentações diariamente. Ele muito bonito e encantador, e muito assediado pelas mulheres em geral.
         Foi numa tarde de sol que adentrou no teatro, o grande amor de sua vida. Esta moça era uma gadjí com alma cigana, grande dançarina, bailava o tango com uma passionalidade impressionante. E foi trabalhar com ele, Sandro como era, logo se apaixonou, o que ela não acreditou, pois ele já havia namorado algumas mulheres, e quem havia se ferido havia sido elas. Sandro fazia de tudo para que ela acredita-se nele, desde palavras meigas, presentes, promessas, mais ela era irredutível. Um dia à noite foi ao show dos dois, um senhor muito rico. E se apaixonou por ela de verdade. Ela logo notou que ele passou a ir todas as noites, e deixou se envolver. Sandro começou a se desesperar ao ver sua amada cada vez mais longe, até que ela se casou e deixou a arte.

          Ele era (é) astrólogo e procurava nos mapas que havia feito, um erro qualquer e nada achava. Os mapas eram perfeitos, ele então passou a beber de fraqueza e desgosto, cada dia mais, primeiro somente à noite, depois, de dia e por fim a qualquer hora. Já estava no “fundo do poço” quando ela ressurgiu, o casamento não havia dado certo, havia descoberto que o amava. Ele fez o impossível e parou de beber, mais a sua saúde já estava por demais debilitada, ele ficou ao lado dela, mais logo sentiu que era um fardo pesado para a sua amada, do homem elegante e deslumbrante, não tinha mais nada, só um velho alquebrado e sem chances e possibilidades de trabalho. Voltou então para Mendoza onde tinha velhos amigos que muito o amavam. Mais sem vê-la, não conseguia mais viver sem bebida e caiu de novo. Passou a viver definitivamente na noite, negociando bijuterias de má qualidade, dando conselhos às lumiascas, viciados, rufiões, jogando cartas de um velho baralho que sua mãe havia lhe dado, e bebendo muito, por fim acabou de desgosto de amor, de desgosto consigo mesmo, de desgosto com a vida, morreu num dia chuvoso e sem vida. Foi ao encontro dos seus numa viela de Mendoza e enterrado por seus pares da noite que tinham nele o único amigo, que os escutava e aconselhava. Assim viveu e morreu Sandro, o grande bailarino e astrólogo. Morreu de amor, diz ele, pranteado por muitos, agora nos aconselha do astral, sem permitir que seus protegidos bebam álcool. Sandro atrai pessoas que vivem à noite, dá conselhos, não critica, e todos saem muito aliviados depois de falar com ele, os seus cálculos precisos fazem que com muito discernimento a decisão acertada seja tomada. Quem fala com Sandro não esquece jamais.
UMA LENDA DE SANDRO
       Uma pessoa que receba Sandro (na aura) é difícil, pensava não conseguir uma “entrevista com ele” e fiquei a procura. Um dia viajando, passando por Curitiba/PR, saí para lanchar na Rua 24 Horas, era noite, e eu passava por problemas, estando com aparência triste, um senhor parou e começou a dançar e a sorrir para mim, na hora compreendi: Era Sandro. Logo veio uma senhora e me deu um cartão da Ofisa, no outro dia fui até lá e tomei um longo chá com ele.
       Sandro conversa tomando chá gelado em taças de cristal verde, diz ele que quando nasceu já havia sido predestinado a amar à noite, desde criança, nos bródios, ele conversava “como gente grande”, dançava e era muito requisitado, por isso em sua vida adulta já estava ambientado assim. Conta Sandro que quando um grupo de Zíngaros chegavam à Córdoba, era uma festa, onde ele dançava e cantava.
        Uma vez uma Gitana ficou muito encantada por ele, ele brincava, ora dizendo que a queria, ora dizendo que não era de ninguém. Ela era filha de uma importante Shuvani que lhe deu um grande aviso: Se não a queres, desencante, para que ambos possam ser felizes. Ele não ouvia, adorava anoitecer e amanhecer no jogo de sedução. Ela por desespero de amor, um dia atacou-o de punhal.

       Ele se machucou e se assustou, mais não mudou. Esta cigana disse: Vou deixar-te sossegado, mais nunca mais poderás ser feliz no amor, a dor que sinto, tu também sentirás, só que de forma mais intensa. Ele perambulou pela noite pensativo. Naquele dia fez muitos mapas que apontavam uma modificação grande quando chegasse aos seus 37 anos. Pensou estar errado, rasgou o mapa, mais a predição e a praga nunca mais foi esquecida por ele. Quando conheceu a mulher de sua vida, e foi rejeitado, pensou na gitana que fizestes sofrer. Foi até sua Bába para conversar, ela retirou uma lâmina e disse: Estás predestinado, cuidado com a noite, está será a tua perdição.
       Ele ao passar dos tempos e com tudo que viveu pode compreender melhor. Na noite estava tudo que amava, tudo que o desvirtuava, a e também a mulher que realmente amou. Por isso ouve pessoas sem restrições nem cobranças, pois aprendeu que todo mundo tem um ponto fraco. Ouve principalmente os artistas da noite, a quem dá conselhos e carinho como ninguém. Seu Ditado Favorito é: Quem entra na chuva é para se molhar.

Mais informações, sobre Mestres Ciganos do Astral no Livro: "Mestres Ciganos Astrais", que será relançado pela Editora Pallas em 2012. Acompanhe o Blog e saiba o mes de lançamento.








segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Aventuras de Ramona!


       Sim, até que esta passagem de minha vida, podia se chamar assim. Aventuras de Ramona, ou até mesmo, aventuras da Cigana, ou da Kalin.... (risos). Bem minha gente, meu povo querido, semana passada fui ao banco. E vocês dirão a ai? Bem fui ao banco abrir uma conta, feito gente grande. Cheguei la, e continuei com a mesma impressão de sempre: Cigano onde chega, é visto diferente, até porque não tenho costume de ir ao banco. Foi um dia bem interessante.

       Entrei, depois da celeuma da porta eletrônica (que atinge a todos por sinal), e me direcionei ao caixa da abertura de contas, então me dei conta de que uma mulher de 1,79m e 90kl, com mãos adornada por diversos aneis e pés enormes, é vista, ainda mais de saia rosa e flores no cabelo... Risos.
        Ate ai tudo bem, sentei em frente a moça, muito cortes, e ela me disse o que necessitava, o que alias eu já sabia e já tinha levado. Ela começou a preencher aqueles papeis todos, e no meio da entrevista, me perguntou baixinho: Você joga cartas? Disse que sim. Ela parece que havia se sentado a frente de uma entidade poderosa, e abriu seu coração. Eu não sabia se olhava para ela, para os papeis, ou para a fila atrás de mim. Ate que veio uma voz mais alta: “Ta demorando, porque ela é analfabeta”! Ri dentro de mim mesma. E a moça não se incomodava! Continuava, fazendo os papeis e contando tudo...


        No final, ela me disse: O que você acha que eu devo fazer? Eu disse (com aquele ar de quem sabe tudo de tudo): Que ela fizesse o que o coração mandasse. Meu telefone ela já tinha, e disse que vinha aqui em casa (na Tsara Kalimã Romani), porque havia gostado muito de conversar comigo, falou que seu coração ficou mais calmo. Meu povo, meus leitores queridos, abri a conta, agradei e desagradei no mesmo local, no mesmo instante. Vim para casa pensando, como é a vida! Na confiança que ela fez a partir do contato, na carência, no pré julgamento, na imagem pré estabelecida do poder de uma cigana, em tudo.

        Confesso que aquilo mexeu comigo. E por isso compartilho com vocês. Contei já duas ou três passagens do preconceito, mas esta foi para pensar. Desde a voz do homem que acreditava no meu analfabetismo, ate a disponibilidade imediata de contar seus problemas. Assim fiquei a pensar no mundo, na imagem que a gente passa, nos momentos de carência da vida da gente, nos pré julgamentos de valor que fazemos. Foi uma experiência única, que me deu muito.


      Naturalmente como uma boa flexeira, acharia graça. Mas não, descobri que eu também tinha meus preconceitos de crer, que um banco era um local chato e desinteressante, mas vi que acima de tudo é um local que circula gente, e que gente sempre surpreende, pois não vem com “manual de instrução”. Foi isso meus amigos, até a próxima!

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Se tiver a Coragem de uma Cigana, faça!

Oração da Arte Negra usada pelas Ciganas para trazer Amor

Salve a Rainha Cigana, dos Povos dos Amores!
Salve todas as forcas da Natureza:
o fogo, a água, o ar e a terra.
Salve toda semente que brota no seio da terra, as flores e os frutos benditos.
Salve o calor do Sol e
a luz mágica da Lua.
Em nome de todas essas energias poderosas, rogo com toda humildade para que as ciganas, senhoras da Sedução, tragam Encanto e que todos me desejem, desejem meu corpo, desejem estar comigo, desejem minhas palavras... Rogo as ciganas, feiticeiras da Arte Negra, que transmutem minha imagem, o meu amor, o meu nome e o meu coração, que pelos poderes das Ciganas, dos poderes ocultos, traga o brilho das estrelas do céu, que eu seja vista como ardente. Faça com que em mim, que na minha vida, o amor floresça, que de frutos, que brilhe como o sol e seja poderoso e encantador, como a mágica luz da lua. Que a magia do povo cigano, com toda força das Ciganas, me coloque dentro de um circulo dourado e da felicidade de um amor eterno.
Deve-se rezar a noite, durante 21 dias.



domingo, 13 de novembro de 2011

Coração Pirata - Roupa Nova!


Minha mais Perfeita Tradução!

Quando a paixão não dá certo
Não há porque me culpar
Eu não me permito chorar
Já não vai adiantar
E recomeço do zero sem reclamar

O meu coração pirata toma tudo pela frente
Mas a alma adivinha
O preço que cobram da gente
E fica sozinha...
Levo a vida como eu quero
Estou sempre com a razão
Eu jamais me desespero
Sou dono do meu coração
Ah! O espelho me disse
Você não mudou...
 
Sou amante do sucesso
Nele eu mando, nunca peço
Eu compro o que a infância sonhou
Se errar, eu não confesso
Eu sei bem quem eu sou
E nunca me dou!
 
REFRÃO:
Quando a paixão não dá certo
Não há porque me culpar
Eu não me permito chorar
Já não vai adiantar
E recomeço do zero sem reclamar

Quando a paixão não dá certo
Não há porque me culpar
Eu não me permito chorar
(Já não vai adiantar)
E recomeço do nada sem reclamar
 
As pessoas se convencem
De que a sorte me ajudou
Plantei cada semente
Que o meu coração desejou
Ah! O espelho me disse
Você não mudou
 
Sou amante do sucesso
Nele eu mando, nunca peço
Eu compro o que a infância sonhou
Se errar, eu não confesso
Eu sei bem quem eu sou
E nunca me dou!

REFRÃO:
Quando a paixão não dá certo
Não há porque me culpar
Eu não me permito chorar
Já não vai adiantar
E recomeço do zero sem reclamar

Quando a paixão não dá certo
Não há porque me culpar
Eu não me permito chorar
Já não vai adiantar
E recomeço do nada sem reclamar
 
Faço porque quero, estou sempre com a razão
Eu jamais me desespero
Sou dono do meu coração
Ah! O espelho me disse
Você não mudou!
Você não mudou!
Não mudou...

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Cursos de de Ramona Torres
no Mes de Novembro

Kansi Mulós - Curso Inédito!!!!!!!!!
(Aromas, Velas e Especiarias usados pelos Ciganos)
Você vai aprender a compreensão dos materiais magicos que os Ciganos aprenderam a usar ao longo do tempo. Também aprenderá a usar o conhecimento e receber respostas claras e confiáveis da Espiritualidade. Com materiais antigos e simples, mas que a fará agir de modo integral e levará a tomada correta de decisões.
 Domingo: 06/11 (Horário 13:00 as 15:00 HS)
Apostila em Cd inclusa.
Duração: 1 Mês (quinzenal)

Mestres Ciganos Espirituais!
Os Espíritos Ciganos são entidades que já passaram por uma série indescritível de dificuldades, que quando chamadas ao trabalho, chegam com muita disposição, fazem tudo que estiver ao seu alcance para ajudar. Inclusive revelando o que pode servir de instrumento valioso, para enfrentarmos as intempéries da vida material e espiritual, é a influência de nossos Mestres!"  
Sabado: 12/11 (Horário 09:00 as 11:00 HS)
Apostila em Cd inclusa.
Duração: 2 Meses (quinzenal)

Workshop Especial
“Jalar Alu - Potes para o Ano Novo”!!!
(Potes Ciganos para trazer a Energia de Prosperidade, Amor, Saúde, Intuição e Mediunidade, durante o ano todo)
Data: 26/11/2011
Horário:14:00 as 18:00 hs
Com apostila em Cd inclusa

Palestra do Mês
INÉDITA!!!NÃO PERCA!!!!!
Cartomancia Tradicional
(A Cigana leu o meu Destino, eu Sonhei....)
" Todos nós carregamos vibrações mediunicas, podemos dizer que a manifestação é ímpar, pois muitos nascem com esta aptidão natural, outros descobrem que podem “despertar”. Registrando humores, emoções e outras sensações captadas através do corpo físico ou do Oráculo de Cartomancia Tradicional dos Ciganos".
 Data: 29/11/2011
Hora: 19:00Hs

Conteúdo:
http://www.cursosderamonatorres.blogspot.com/

Informações e reserva de Vagas:
(somente pelo telefone do espaço)
Estrela Cigana Espaço Holístico
Cascadura / Rio de Janeiro
Tel: 21 3471-2114 (Elis)

domingo, 6 de novembro de 2011

Mediunidade do tipo Visual: A Vidência!

     Junto com o fato de sonhar, as visões que se tem quando se esta mais adormecido do que acordado, são impressionantes e por vezes nos fazem duvidar dos fatos. No entanto algumas vezes de acordo com o que pudemos receber de informação através de visões, elas acontecem quando estamos totalmente plenos da capacidade de julgar, se são visões reais ou não.
     Já tive visões de muitos tipos. Dormindo e acordar só para ver, acordada ver em minha direção um certo tipo de pessoa transparente, que não te faz medo, mas paralisa e você não consegue falar nada (o bom senso também recomenda). Visões em estradas, de pessoas, atropelamentos e de famílias inteiras (estradas são lugares energeticamente muito impuros, sofridos, e de grande população de espíritos perdidos).
    Visões de pessoas reais (na verdade espíritos que se fazem reais). Na minha caminhada já vi vários tipos de visões. Desde meu padrinho, até crianças astrais, tive também visões de estradas, visões de acontecimentos, que fluíram exatamente iguais. Visões que são predições, visões em atos ritualísticos, enfim visões que me assustaram e também algumas que não fizeram medo. Somente posso falar estou aprendendo a conviver com este tipo de mediunidade.
      A mediunidade do tipo visual, se dá de diferentes formas nas pessoas, é possível que a pessoa veja em seu canal mediúnico, acontecimentos de vidas passadas, presentes e futuras, como num flash, sem estar utilizando os olhos físicos, mais sim os portais psíquicos. Os portais são abertos de diferentes modos, as vezes parecidos com os demais, por vezes de forma totalmente peculiar, individual, única. Depende muito da aceitação que a pessoa tenha para com o trato espiritual.
         O fato de ver tanto com os olhos físicos ou com olhos astrais, precisam de uma boa dose de discernimento sempre, pois sem cuidado a nossa mente pode criar uma série de situações, que pode interferir fortemente em nossa vida. A não-visão (digo sensação) é muito forte e vultos não nítidos também podem ser consideradas visões. Uma vez uma pessoa morreu com muita vontade de falar / estar comigo e ao ir me visitar em minha casa, ficou por lá. Criando um elo que eu não tinha com ela. Cheguei a ter notícias de pessoas que iam a minha casa e a viam e um dia eu mesmo vi, depois de fazer uma oração orientando o caminho que esta pessoa tinha de seguir, já que não mais pertencia ao nosso mundo.
        As visões são por vezes nítidas e até falam conosco. É o caso de entidades amigas, que por vezes “aparecem” corporificadas. Conheço casos e também já vivi de situações que ninguém acredita, mais é verdade. Um dia chegando ao Rio de Janeiro de ônibus, procurei a estação de trem mais próxima, para apanhar o trem e ir para casa, para se chegar lá passava-se numa passagem subterrânea e cortava-se uma boa parte do caminho. Logo que me dirigia para o local, um homem literalmente apareceu e disse em voz rouca, que o caminho era muito perigoso, e que eu fosse por outro, porque havia dois homens aguardando para assaltar o primeiro que passasse, eu assenti, e ele começou a andar rapidamente, e quase que se desintegrou na minha frente, digo sumiu, numa rua em que não havia nenhum lugar para entrar, logo em minha mente ele falou, se eu tinha gostado dele, eu ri e segui os passos determinados chegando em casa em segurança.
      Foi uma aparição muito especial, e tenho certeza que você, que esta lendo este relato, já passou ou conhece algum fato ocorrido deste tipo.

Festa Cigana

    Quando falamos em festa cigana, logo vem a mentalização de rodas, mulheres bem vestidas, homens na roda do pafeito, crianças brincando, idosos rindo.
    Mas como é feita uma festa entre ciganos? Porque? O que comem? Toda festa tem um grau de espiritualidade? São perguntas fáceis de responder. E elucido agora. Os ciganos amam festas, principalmente as que tem bons motivos para acontecer, como casamentos, noivados e nascimentos. No entanto comemoramos também como os gadjôs, entrada do dinheiro, trabalho bem feito, dias dos namorados, festas do calendário cristão e festas religiosas, onde principalmente no Brasil, há uma mesclagem de comemorações, levando-se em conta as datas comemorativas dos Santos Católicos e datas importantes na Umbanda e Candomblé, sem deixar de citar as Slavas, e nosso esperadíssimo dia de Sara.
      A composição da festa é importante e diferente dependo dos motivos que se tem. Os casamentos são recebidos com alegria e muita, muita festa, que tradicionalmente é dividida em etapas que levam no mínimo 03 dias. Os noivados são comemorados com alegria e duram 01 dia. Os nascimentos são esperados e festejados, faz-se a Slava, que duram 01 dia, considerando-se que criança dá trabalho e a mãe tem que descansar.
       O porque de cada festa leva à feitura e composição diferentes, mais festejamos também o sol, a lua, e um belo dia de domingo. Fazemos comidas típicas, mesas típicas com muita alegria e amor. As festas espirituais são caracterizadas pelo motivo e são feitas as comidas de acordo com a ocasião, apesar de mais sérias, o prazer estará presente, igualmente do modo que se tem nas outras.
       Nas Festas Ciganas, a Rromhá se enfeita, as mulheres colocaram os seus melhores ouros, muitas saias sobrepostas, e soltaram para dançar seus cabelos de grande beleza e cumprimento. Os homens bem vestidos se portam à roda do pafeito, contando casos, conversando e rindo. Os idosos (só eles recebem cadeiras) estarão observando conversando, dançando. A música ecoará no bródio, assim como as castanholas e palmas. A comida será farta e deliciosa, crianças brincam e dançam na roda só delas.
      Os gitanos se divertem, peças de duelo de faca serão apresentadas. Risos, muitas cores das roupas marcaram presença. Os véus serão jogados com charme. As djullis felizes dançam se mostrando, namorando seus eleitos com os olhos. A vida e alegria da kumpania estará presente mesmo dentro de uma tsara groto (casa de alvenaria ou apartamento). A essência dos ciganos é levada pelo ar, para alegrar, dar vida e cor, levar felicidade aos que não a conhecem.

domingo, 30 de outubro de 2011

Festa!!! Festa!!!! Festa!!! A melhor Festa do Ano!!!!

Festa do IADESCC
(do Kalon Jucélio Fernandez)
VOCE NAO PODE PERDER!

terça-feira, 25 de outubro de 2011

Programação de Novembro

Meus Amados Leitores:
Aviso!
A Programação de Novembro, vem com Surpresas que voces pediram, fiquem atentos!
Um final de Ano, cheio de Emoções!
Vai ser o Cão Chupando Manga (de bom)!
Estrela Cigana Espaço Holístico 
& Shuvanni Kaló  Ramona Torres
Uma Parceira de Sucesso, Preparada e Dedicada à levar a
Melhor Ramasordé Romani do Brasil  até Você.

Estrela Cigana Espaço Holístico
O Espaço mais fidedigno em Cultura Cigana de Raiz no Brasil!

Shuvanni Kaló Ramona Torres
Nao sou Pesquisadora, nem amante da Cultura, sou Raty!

Aguardem!!!!
Acompanhem os blogs.

quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Cartomancia Tradicional – As Laminas de Minorarcana.

"Cartomancia dos Ciganos"
Neste método é usado um baralho inteiro, retiram-se somente os curingas. Os naipes estão vivamente interligados aos quatro elementos da natureza. Ouros ao elemento terra, fala na maioria das vezes, de assuntos relativos aos bens materiais. Espadas ao elemento ar, e trata de assuntos relativos ao intelectual e mental. Copas ao elemento água, e dizem a respeito das emoções e amores de todos os tipos. Paus ao elemento fogo, ligadas às realizações e ações concretizadoras de cada um. As cores também têm os seus significado quanto mais vermelhas, boa sorte, quando mais negras, tenham cuidado.
Se os quatro elementos estiverem à mesa, abrirão o canal de intuição de forma mais rápida, mais não é imprescindível. Algumas recomendações são de grande valor para o consultor seguir, são elas: Não terem tido relações sexuais no dia, não terem ingerido álcool, não ter vindo de enterro, não estar menstruada, não estar sob tensão nervosa e jamais deitar cartas na sexta-feira da paixão, é grande mau presságio.
A oração a ser proferida pode ser uma de sua preferência e crença, se não souber nenhuma faça esta de comprovado poder:
“Oh, meu amantíssimo Senhor, vós que sois o Deus do Universo, permiti que estas cartas digam-me o que eu quero saber, porque Senhor não tenho mais a quem recorrer. O Senhor esteja comigo e me ajude, me socorra Maria Santíssima, minha mãe. Virgem Mãe, socorrei-me por intervenção do Vosso Amado Filho Jesus, Senhor meu, a quem com vivíssima amo de todo o meu coração, corpo, alma e vida. Cartas, vós não haveis de faltar para comigo, pelo sangue derramado de nosso Senhor Jesus Cristo. Assim seja”.
Significados das Cartas por Naipe
OUROS
Ás – Chegada de carta ou documento aguardado. Boas notícias. Proposta.
Dois - Casos de amor ou amizade em crescimento, desaprovado por outras pessoas. Bons negócios em andamento.
Três – Disputas, brigas e início de separação, se houver perdão o resultado será benéfico.
Quatro – Não tenha atritos por falta de paciência e atitudes impensadas, um velho amigo pode surgir e ajudar o caso a se resolver.
Cinco – Gravidez ou nascimento de criança próxima ao consulente, uma perda repentina de dinheiro será compensada com oportunidades e propostas não esperadas. Sociedade feliz.
Seis –Dificuldades conjugais, separação e divórcio. Esta carta prediz que mesmo assim ainda existe amor. Morte de pessoa ou projeto.
Sete –Atritos por causa de boatos e fofocas, desentendimentos passageiros com promessas de que “depois da tempestade vem a bonança”.
Oito – Romance e viagens estão favorecidos para jovens e idosos. Sorte que flutua. Cuidado com perdas e roubos e também com ganhos de bens vultuosos.
Nove – Assuntos financeiros em pauta, mudanças de residência ou emprego. O amor entra em uma nova fase, no entanto cuidado com falsas amizades.
Dez – Viagem inesperada ou proposta de trabalho. Pessoa querendo romance perto do consulente. Negócios arriscados protegidos.
Valete –Novidades virão através de pessoa amiga, se o consulente for mulher serão más notícias (não graves) e simboliza também aviso contra desonestidade alheia.
Rainha –Mulher madura que interfere na vida do consulente em questões de negócios, esta lamina recomenda muito tato.
Rei – Pessoa influente que pode ajudar nos interesse do consulente, mas que certamente quer algo em troca que o consulente tem.

ESPADAS
Ás – Fim de uma fase e começo de outra, tensões em casa e no trabalho. Período desgastante e passageiro. Terá a frente um caminho iluminado.
Dois –Mudança de situação, fim de relacionamento ou morte de pessoa conhecida. Modificações dolorosas, mais benéficas.
Três –Prudência em qualquer setor da vida, uma terceira pessoa quer interferir em sua vida sutilmente.
Quatro – O quatro de espadas é o Arauto das desilusões, desapontamentos, contratos quebrados, problemas com finanças e falta de apoio.
Cinco –Se os planos não vingaram, não se aflija, os problemas são temporários e terão solução. Seja paciente e determinada.
Seis – Para conseguir emprego ou negócio, será terrivelmente lento. Seja paciente e não desista tudo dará certo.
Sete –Problema inesperado em família, gasto de dinheiro fora do orçamento, ansiedade e conflitos desnecessários.
Oito – Dificuldades por todos os lados, viagem programado não sairá. Saúde frágil, amigos mostrarão a sua verdadeira face. Estando sob tensão não brigue pode ser prejudicial a você mais tarde.
Nove –As energias físicas estão em baixa. Afaste a depressão e persista, a má fase esta para acabar. Faça plano real. Se cuide.
Dez –Boatos que irão tirar o sossego quanto a pessoa amada, não deixe que lhe afete e nem tire o seu entusiasmo, o futuro lhe sorri.
Valete – Um parente revestido de boas intenções causa problemas, por ser irresponsável e não confiável. Apesar de inteligente e boa companhia.
Rainha – Uma mulher viúva ou divorciada pode ser de grande ajuda, mas cuidado pode ser inimiga em potencial e perigosa. O melhor é contar com seus verdadeiros amigos.
Rei – Homem bem sucedido possivelmente advogado “de carteira ou ações”, que com sua influencia pode ajudar o consulente. Seus conselhos são bons embora seja ele um tanto dominador.
COPAS
Ás – Propostas de casamento, convites para festas. Afeição amorosa de amigo (a) causando embaraço.
Dois – Amizades fortalecidas. Boa sorte, antigos amores querendo voltar arrependidos.
Três – Noivado ou casamentos presentes na vida do consulente, escolhas difíceis, o consulente terá de “ganhar tempo” para se decidir pelo melhor.
Quatro – Tempo de mudanças, de trabalho ou casa, casamento é provável para o consulente só.
Cinco - Coloque os pensamentos em ordem antes de tomar decisões. O melhor é relaxar antes de enfrentar os problemas ou tomar decisões drásticas, amor renascendo.
Seis – Segredos descobertos, nascimento de crianças, consulente descobrindo mistérios.
Sete – Cuidado com amigos. Amigos irão desfazer encontros combinados sem aviso, o romance está protegido.
Oito – Vida social em evidência e chances de conquistar o que deseja. Viagens e passeios românticos.
Nove – Conhecida como a carta dos desejos realizados, bom presságio e sucesso. No caso de mal entendidos ficara tudo esclarecido.
Dez – Vitória difícil, sucesso familiar e nos negócios, surgimento de oportunidade para acertar o seu futuro, não deixe passar.
Valete – Amigo ou parente apresentará pessoa que será importante na vida do consulente.
Rainha – Mulher bondosa que ajuda materialmente e emocionalmente. Embora de bons conselhos, é um pouco mandona.
Rei – Homem bem relacionado, generoso, mas muito indiscreto. Quer ajudar o consulente nas questões materiais.
PAUS
Ás - Presentes, realizações, novidades e dinheiro. Término de espera por documento ou cartas importantes.
Dois – Cuidados com fofocas que farão por inveja do consulente só para o ver sofrer.
Três – Casamento feliz e relação duradoura cheia de risos.
Quatro – Planos audaciosos devem ser feitos em outro momento. Traição esta a espreita desta jogada. Não de ouvidos a todos.
Cinco – Tempo de modificações para o melhor para finanças e novos amores.
Seis – Alguém ama o consulente em segredo, esta pessoa trás sucesso comercial e encabeça projetos financeiros de sucesso.
Sete – Ganho de presente ou pagamento de dívidas. Uma nova amizade trás alegrias. Nesta carta trás escritos perigosos, não assine qualquer coisa sem apoio legal.
Oito – Tempo de incertezas, pequenos problemas tomando vulto, o mais indicado é cortar o mal pela raiz.
Nove – Surgimento de atritos, ganhos materiais e propostas vantajosas incluindo casamento.
Dez - Ganhos financeiros, como herança ou pagamento inesperado. Viagem para lugares distantes levando a um encontro amoroso.
Valete – Para consulente mulher, um admirador apaixonado e bem intencionado. Para homem, ajuda de amigo fiel.
Rainha – Mulher amiga e sábia, se homem provavelmente sua esposa.
Rei – Homem maduro e correto em seus negócios, é grande ajuda para o consulente. Possivelmente parente, pois é uma relação muito próxima.
Embaralhe as cartas em silêncio se concentrando e peça que seu consulente faça o mesmo, se concentrando em silencio. Peça mentalmente licença ao anjo de guarda do consulente, para que você possa fazer seu trabalho. Peça ao consulente para cortar o baralho (qualquer mão), em seguida o consultor apanha e retira 21 cartas, arrumando 3 linhas de 7 cartas. Serão lidas da esquerda para direita.
A primeira se refere a fatos passados que influenciaram a situação atual. A segunda fala das circunstâncias atuais com o assunto em questão. A terceira as possibilidades futuras do consulente.
Esta jogada de 21 cartas deve ser deitada para um assunto de cada vez. Amor, uma deitada. Dinheiro, outra deitada. E assim vai. Pra tirar uma dúvida em meio a um jogo, espalhe o baralho em fila (o que restou do baralho) e peça ao consulente para tirar 7 cartas e leia em separado. Para o consultor que lê as cartas, o consulente é representado do seguinte modo: Se homem casado = Rei de ouros, se solteiro = valete de ouros. Se mulher casada = dama de ouros, se solteira= dama de copas. As mulheres não devem usar roupas masculinas para ler as cartas, para não confundir a energia. Quando homens não usarem roupas pretas.
Hoje em virtude de meu estado de Espirito muito Feliz, deixo mais este presente, para meus leitores. E saibam que eu como uma autêntica Romie do Clã Kalon Evoriano, possuo mais de 15 métodos de jogos com Minorarcana, que aprendi nas kumpanias onde andei, que talvez um dia, esteja em um livro ou curso.

Para meus leitores: Um Biscoitinho!

Um biscoitinho, como diria Machado de Assis, para aguçar a fome:


Ritual do Sol & da Lua
(como somente uma Romie Raty Kaló, sabe conduzir, porque depende da vivência de debaixo da lona, e quem nao tem, nao sabe..... E para isso estou aqui, para a mais lídima Ramasordé, para os Ciganos de Alma)
Para a feitura do rito será necessário: Uma Taça que já seja ritualística, Água, Cordão de Ouro (pode ser seu de seu uso), 04 ases de minorarcarna (paus, copas, ouros e espadas) 01 Quartzo branco, uma pedra da lua, velas amarelas e prateadas (pequena), incenso (de ópio), canela em pau, noz moscada inteira, cravo da índia, uma pedra de ágata, um tacho pequeno de cobre e um cacho de uvas e uma penca de bananas.

Faremos assim: O neófito deverá estar com todos os elementos preparados desde cedo (06:00 hs - am), ao ar, pode ser quintal, ou área onde bata sol, onde ele não possa ser interrompido. Coloque então as cartas no chão como se fosse um leque. Em cima coloque a taça com a água, e dentro o cordão, a pedra da lua, e o quartzo branco. Ao lado coloque, o tacho, e dentro a canela, os cravos, a noz, e a pedra de ágata. Acenda o incenso e a vela amarela. Deixe ficar até o por do sol, nas primeiras horas de lua, acenda novo incenso e a vela prateada, deixe ficar até surgir os primeiros raios do dia. Então quando estiver amanhecendo ofereça ao sol e a lua (ela vai estar ainda no céu), as frutas, as uvas e as bananas. Faça então seu ritual com os astros na única hora em que eles se encontram no céu, dizendo (de braços abertos): Mago Sol, Maga Lua, imantai-me com a luz de vós, do masculino do sol, do feminino da lua, na força do sol, na intuição da lua, do poder dos astros, e dos deuses do planeta, luzes do universo, ofereço este ritual a vós, pelo poder do impulso, pela suavidade, pela força do universo, daí-me luz. Ofereço a vos, minha companhia nesta caminhada, para vos trazer para dentro de minha casa. Amigos nesta hora em que falam os espíritos, acredito em vos, e que os astros tomem conta de mim. Por Dieula, e pelo espírito dos astros, amém.
Quando começar a clarear de fato o dia retire tudo assim: beba a água imantada, “bebida” pelo sol e pela lua. Retire o cordão que deverá usar e evitar que outras pessoas o toquem. As 04 Ases, deverão ser guardadas em altar ou em saquinho amarelo e prata, como talismã. As pedras, o tacho e as especiarias deverão ser guardadas em altar ou saquinho. As frutas podem ser comidas enquanto são feitos os pedidos.
Post Scriptum: Este é um presente para meus leitores! Façam e sejam muito, mais muito Felizes! Optcha!!!

Rituais

"Rituais dos Ciganos"
Para começar falando de Ritos, tenho que falar do que significa para os ciganos, a palavra “Ritual”. Para os zíngaros não é só o ato de realizar atos sagrados e religiosos. É muito mais. É algo vital, pois todo rito gitano tem fundamento único, tem poder, tem magia, tem uma mística única. Cada ritual que realizamos nos diz do poder de Dieula, vindo até nós.
 É a Liturgia Mágica da prática da comunhão com os seres vivos e inanimados (não mortos), com os astros, as estrelas e a força sutil que impregna o planeta.
Temos vários tipos de Rituais, cada um para uma finalidade específica. Nos preocupamos com estas cerimônias, pois delas saem a força sutil que nos eleva ao poder da terra astral. Para realizar estes rituais temos um código ético próprio. Pois quando falamos de magias, de feitiços, é próprio da essência do homem pensar ou imaginar que tudo podemos resolver à base de magia e isto não é verdade. A carga cármica que nos foi impregnada, conforme os desígnios de Dieula, são parte da história da cada indivíduo, e ainda que tenhamos um grande livre arbítrio, o que foi desenhado no caderno de nossa vida, teremos de passar. Aí é que entra a postura que cada um pode ter. Utilizar magias para o bem viver? Sim e por que não?
Temos de pesar que este sim e este bem viver, só pode ter propósitos positivos, sempre muito positivos. Este “Sim”, “Bem Viver” e “Propósitos Positivos”, são passiveis de melhorar através da magia desde que seja realmente para o bem de todos os envolvidos. E que saibamos discernir a nossa vontade do que pode até não ser o que queremos, mas sim o melhor para nós.

Por todos estes motivos trabalhar com magia é tão difícil. Por isso os ciganos preferiram até os dias atuais pouco revelar dos ritos mágicos que fazemos. Mas considerando que os ritos descritos são abrangentes nos assuntos que nos são muito caros, é errado que permaneça restrito à Casta Zíngara, ou aos privilegiados. Os rituais de magia cigana tem poder, baseado no maior poder do planeta. A natureza que Deus criou, juntamente com o Cosmos, fazem naturalmente a transparência do poder divino, é o rito que entramos em contato abrangendo tudo. Os ritos de magia, são atos sagrados, de grande fundamento e poder, que agora estará bem ao alcance da mão de quem precisa. Estará ao alcance de quem respeita e acredita. Já que estamos intercambiando com forças naturais do universo, é acertada a decisão de revelar segredos místicos da cultura români, porque como já diz o Cigano Ramiro “Tudo que é oculto deverá ser revelado”.

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Cursos de Ramona Torres no Mes de Outubro
MAGIA DOS PORTAIS CIGANOS
(Totalmente Vivencial - Um Curso Inesquecível)
SEGUNDA FEIRA: 03/10 (Horário 19:00 as 21:00 HS)

 TSARA GITANA! IMPERDÍVEL!!!!!!!
O Conhecimento Liberta!
 Dia: 09/10/2011 - aos Domingos
Horário: 09:00hs as 12:00hs
Dia: 10/10/2011 - as Segundas Feiras
Horário: 18:00hs as 21:00hs

PERFUMARIA MÁGICA DO POVO CIGANO
 INICIO: Domingo - 09/11/2011
HORÁRIO:13:00 AS 15:00 hs

Ritos da Cultura Espiritual dos Ciganos & Magias para Tratamento Espiritual (Cumiris & Bahranom Kaló)
Somente para Kalinaturados!
INICIO: Domingo - 09/10/2011
HORÁRIO:15:00 AS 18:00 hs

FORÇA DOS ASTROS (Sol & Lua) INÉDITO!!!!
INICIO: Quinta Feira - 13/10/2011
HORÁRIO:19:00 as 21:00 hs

WORKSHOP
Nº: 01
"A Arte da Sedução das Ciganas"
Dia: 29/10/2011 - as 09:00hs

Nº: 02
"Especiarias dentro da Magia dos Ciganos"
Dia: 29/10/2011 - as 14:00hs

Conteúdo:

Informações e Reserva de Vagas
(somente pelo telefone do Espaço):
Estrela Cigana Espaço Holístico
Cascadura / Rio de Janeiro
Tel. 21 3471 2114 (Elis)