sexta-feira, 1 de abril de 2011

“Alma Cigana”


Como se diz, todo inicio é complexo e difícil. Na espiritualidade dos Ciganos, não é diferente. Muito se diz do nosso Povo, algumas vezes vertentes repetitivas e não fidedignas à realidade. Então nós que fomos preparados para a Ramasordé, ficamos espantados com o que se faz, em torno de quando se sabe ter uma “Alma Cigana”.

      As pessoas em geral são atraídas para a nossa Cultura espiritual, pelo colorido, pelo ar leve e intenso, de vibração diferenciada, por isso nossos rituais também são muito diferentes do que muitos imaginam. Num país como o nosso, jovem de 500 anos apenas, não pode jamais ser comparado ao velho mundo, embora tenhamos dentro de nossa vida espiritual, trazida pela diáspora dos ciganos, costumes da Europa, é uma estrutura muito rica, complexa e que muitos dos que tem esta Alma Cigana, não tem acesso. Então se fica fazendo um culto de rituais festivos, coloridos, com frutas, flores, velas, licores, mel, pães, e outros aparatos, mais ficam sempre as dúvidas e perguntas:
Porque sou apaixonada por este povo?
Será que eu tenho uma cigana (o) na aura?
Quem será ela (e)?
Como cuidar e cultuar?
Do que ela (e) gosta?
O que fazer para ele (a) se aproximar mais de mim? Tenho outras entidades, mas a cigana (o) não vem?
Por que não diz o nome?
Como energizar e Imantar?
Eu vos respondo: A ancestralidade é fator mater, para a existência do nosso povo, se você é apaixonado por nosso povo, provavelmente em alguma de suas existências, você já foi um romani antes. Se você tem um (a) companheiro (a) espiritual? Pode ser, pois a ancestralidade sempre nos conquista de volta, existe até mesmo um ditado “O que os Ventos do Mundo levam, os Ventos dos Ciganos trazem de Volta”. Isso se traduz em jeito de ser na sua vida, por vezes cheias de costumes dos ciganos embora nesta existência você não tenha nascido dentro de uma kumpania. Quem será? Aos poucos dentro de um culto raiz, ele (a) dará mostras de quem é para você. Cuidar e cultuar com Amor e com sua própria energia é o caminho. Do que estes grandes amigos gostam? De seriedade, compromisso, amor e responsabilidade.

     A proximidade se dará na forma do trabalho, pois os costumes, tradições e cultos do dia a dia entrarão na sua vida com naturalidade. Porque a Cigana (o) não vem? Ele (a) esta a seu lado, aguardando sua busca, para dentro da mais pura tradição poder lhe dizer de si e de tudo que é relevante para o trabalho, seu nome virá naturalmente. E sua imantação e energização trás na simplicidade a beleza astral incomparável.

Em virtude destes fatos, hoje os segredos que foram autorizados a serem trazidos para fora dos acampamentos, em virtude de descendências que se perderam, das perseguições dos séculos XVI, XVII, XVIII, XIX e XX, muitas pessoas que descobrem ao longo de suas vidas que tem esta espiritualidade buscam saber sobre o que falamos nas formas especificas de cultuar.

Dentro de minha ramasordé, do meu trabalho de divulgação da cultura, muito já foi dito, muito mesmo, mas como sempre, se preocupa com os fatores mais profundos do culto e ao longo fui percebendo, que muitos ainda buscavam o basal, que estão fazendo suas descobertas agora e não tem como e onde buscar, sendo assim, tive pensamentos do tipo que estava fazendo falta falar sobre esta base.

Foi assim que nasceu o curso “Alma Cigana” para Ciganos de Alma, creio que o acesso a formas fiéis aos das Kumpanias fará diferença, movimentará uma conjunção de forças astrais, mentais e físicas, dentro da forma de comunicação que será usada na espiritualidade, principalmente a nossa, sem codificador. No momento em que vivemos as situações, temos que aprender a observar, e perceber à nossa frente, torrentes de sentimentos precisam ser purificados assim como os nossos hábitos, para que possamos cuidar melhor de nossos amigos espirituais. Saber separar os avisos astrais da vontade é máster nesta caminhada, é crer na jornada! Dar oportunidade aos espíritos, buscando conhecimento, pode-se melhorar e muito o trabalho mediúnico. Para que isto ocorra você não pode ter preguiça, porque este sentimento junto com o esquecimento é extremamente prejudicial ao que estamos nos propondo.

    É importante estar com o mental em movimento, é um começo para a ação. Concentre-se em se conhecer e não em acreditar em tudo que lhe dizem, ou em tudo que vê. Quando acreditamos sem questionar, sem querer conhecer, ficamos fanatizados, escravos e com um imenso talento mediúnico desperdiçado. Acredito que cada um pode transformar sua vida, e para isto viva intensamente cada minuto da sua espiritualidade, de sua Alma Cigana, com prazer. Nós temos liberdade para agir, só depende de nós. A comunicação astral e pessoal de cada um, só pode ser definida pela própria pessoa, porém em verdade vos digo:

O Conhecimento é à base de tudo, Conhecimento Liberta!
     A energia dos nossos mentores Ciganos, interage com as forças do universo, com a alma do mundo, com a essência que vivemos, o que faz com que possamos modificar, transformando a forma de cultuar os espíritos ciganos, tais quais como eles são, na forma dos acampamentos astrais. Aqui não cabe soberba, nem orgulho e nem medo.

O Padre não se torna Padre do dia para noite, nem o Pastor, nem o Rabino, nem a Mãe de Santo, nem as Shuvannis, ninguém, existe uma caminhada de aprendizado. De Busca. De Estudos. De Envolvimento com uma espiritualidade que conquista tanto. Seja inteligente, utilize a Magia dos Zíngaros, acima de tudo, preservando a natureza que Deus criou, e que detém uma magia poderosa. A energia do Povo Cigano é tão forte que já deixou varias marcas na historia da humanidade. Por este motivo, o Povo Cigano sempre se vale da Luz do nosso Povo, para viver, predizer, orientar, acalmar e se harmonizar, sem medir forças com o mundo, mas sim “Viver Bem”, dentro dele e conduzem minhas mãos, para que eu possa levar até vocês, sobre o mais belo do que temos de sagrado, secreto e misterioso da minha amada Raça Cigana.

Acessem o Blog de Cursos e saibam quando será.
Ramasordé Romani - Cultura Cigana de Raiz

BREVE!!!!  “ALMA CIGANA”
(Ramasordé de Raiz)
Um Culto onde a base de tudo é o Conhecimento Real das Kumpanias!
(Aprenda a Cultuar, entrar nesta Conexão, a buscar as origens de seus espíritos, através dos sinais que eles nos mostram. De deixar a energia fluir, e a essência aparecer de forma mais física em sua vida. Aprenda a imantar seus Altares, Bonecas e a Batizar seus aparatos mediúnicos.)

Aguardem!!!!!!!!!!!!

4 comentários:

Acervo sobre magia mistica disse...

oi minha querida Belo post sobre o preconceito adorei! as pessoas acham q preconceito é só com os negros os deficientes e os homossexuais mais não o preconceito esta por toda a parte

Graciane ☆☆☆☆☆ disse...

Ramona te adoro vc é uma flor!!!!!!!!
Vou fazer uns cursinhos com vc!!
bjs!!!!!
sou sua fã viu!!

Ramona Torres disse...

grata minhas meninas! terminaremos com o preconceito é necessario se pôr! bjs e muitissimo grata!
Ramona

Unknown disse...

Como faco pra saber qual Cigana tenho e como cuidar dela.
Fui a uma gira de Cigana e LA me informaram que tenho uma Cigana que precisa ser cuidad.
Iara