terça-feira, 16 de setembro de 2008

Festa Cigana!


Quando falamos em festa cigana, logo vem a mentalização de rodas, mulheres bem vestidas, homens na roda do pafeito, crianças brincando, idosos rindo. Mas como é feita uma festa entre ciganos? Porque? O que comem? Toda festa tem um grau de espiritualidade? São perguntas fáceis de responder. E elucido agora. Os ciganos amam festas, principalmente as que tem bons motivos para acontecer, como casamentos, noivados e nascimentos. No entanto comemoramos também como os gadjôs, entrada do dinheiro, trabalho bem feito, dias dos namorados, festas do calendário cristão e festas religiosas, onde principalmente no Brasil, há uma mesclagem de comemorações, levando-se em conta as datas comemorativas dos Santos Católicos e datas importantes, sem deixar de citar as Slavas, e nosso esperadíssimo dia de Sara. A composição da festa é importante e diferente dependendo dos motivos que se tem. Os casamentos são recebidos com alegria e muita, muita festa, que tradicionalmente é dividida em etapas que levam no mínimo 03 dias. Os noivados são comemorados com alegria e duram 01 dia. Os nascimentos são esperados e festejados, faz-se a Slava, que duram 01 dia, considerando-se que criança dá trabalho e a mãe tem que descansar.O porque de cada festa leva à feitura e composição diferentes, mais festejamos também o sol, a lua, e um belo dia de domingo. Fazemos comidas típicas, mesas típicas com muita alegria e amor. As festas espirituais são caracterizadas pelo motivo e são feitas as comidas de acordo com a ocasião, apesar de mais sérias, o prazer estará presente, igualmente do modo que se tem nas outras.Nas Festas Ciganas, a Rromhá se enfeita, as mulheres colocaram os seus melhores ouros, muitas saias sobrepostas, e soltaram para dançar seus cabelos de grande beleza e cumprimento. Os homens bem vestidos se portam à roda do pafeito, contando casos, conversando e rindo. Os idosos (só eles recebem cadeiras) estarão observando conversando, dançando. A música ecoará no bródio, assim como as castanholas e palmas. A comida será farta e deliciosa, crianças brincam e dançam na roda só delas. Os gitanos se divertem, peças de duelo de faca serão apresentadas. Risos, muitas cores das roupas marcaram presença. Os véus serão jogados com charme. As djullis felizes dançam se mostrando, namorando seus eleitos com os olhos. A vida e alegria da kumpania estará presente mesmo dentro de uma tsara groto (casa de alvenaria ou apartamento). A essência dos ciganos é levada pelo ar, para alegrar, dar vida e cor, levar felicidade aos que não a conhecem.

3 comentários:

ESTRELA disse...

eu adorei amiga ,vc esta de parabens, continue assim ,defendendo a cultura cigana,estarei sempre ao seu lado com a minha força , bjs,,iluminados

Ramona Torres disse...

Beijoes a voce minha amiga, que dentro de seu espaço consegue criar um clima tao de acampamento em festa, que quando um cigano chega, o problema é que nao queremos ir embora...... rs rs rs rs

mnk disse...

monica lima
-) keyty.keyty@bol.com.br
-) keyty.keyty@hotmail.com

ola... achei muito interessante sua postagem... que legal!!!
sou descendente de ciganos por parte de pai( meu avo era filho de uma cigana ) gosto muito de ler a respeito e seu blog e maravilhoso...
se tiveres orkut me add pelo e-mail do bol...]
obrigada
monica(mnk)