sexta-feira, 7 de novembro de 2008

As Cartas nao mentem JAMAIS

Para falar de Oráculos utilizados pelos Mestres Ciganos Espirituais, penso na difícil tarefa que tenho em mãos, afinal tanto se diz sobre esta Raça, existindo dados que não podem ser conferidos como de autenticidade comprovada. Apesar de estar falando de minha própria Raça, as versões aprendidas nas diversas famílias Ciganas que se tem notícia pelo mundo, são diferentes em alguns pontos, coincidindo apenas nos aspectos cruciais da Raça. O Universo Cigano é complexo e misterioso, e falar em Povo Cigano e seus Oráculos, ou Métodos Oraculares, é estar falando de um Povo que por excelência tem o dom da predição.
Muitos Ciganos, através dos tempos tem trabalhado e revelado, muitas coisas ao mundo, infelizmente, mesmo com a popularização dos vários tipos de Oráculos para predição que temos, algumas vezes ainda são mal interpretados na hora de falar sobre o que o cliente esta passando. Muitas Rromás e Gadjís (as não ciganas (os) de sangue, mas que são ciganas (os) de alma) extremamente sérias passam por esta situação.
Muitas pessoas dizem não ser possível o aprendizado destes oráculos, visando que assim fique restrito a poucas mãos, eu pergunto por que não?
Muitos Oraculadores intuitivos, quando aprendem uma técnica para poder aperfeiçoar o seu trabalho astral, sentem-se muito mais seguros para ajudar a clientela ou a si próprio. Nas minhas andanças pela vida afora, pelo meu berço, pelos amigos que fiz pelo mundo, foi colhendo inúmeras formas de se oracular, e de se formar predições, que mostro a vocês neste trabalho. Sempre acreditando que quando colocamos respeito, alma, amor e responsabilidade, temos o nosso canal etérico aberto pelas diversas correntes espirituais que nos auxiliam no trabalho de predição. Não importando se você é cigano ou não, o que realmente importa é acreditar que os oráculos não mentem, é acreditar que podemos através dos oráculos conhecer muitas situações que podem ser festejadas ou evitadas, é acreditar que oraculando com amor, os Ciganos astrais estarão sempre por perto para nos auxiliar em nossa difícil jornada.
Nos oráculos tradicionais utilizados pelos ciganos, é inevitável que se comece utilizando a natureza que é a essência do jogo, pelos cinco elementos: a água, a terra, o fogo, o ar e o éter. Estes são pontos focus na magia dos ciganos, e pontos também cruciais para começarmos o aprendizado de qualquer tipo de oráculo. O dom natural pode e deve ser lapidado, usando como base o grande poder de observação que tem os zíngaros. Os Ciganos desde as épocas mais remotas utilizam a predição de várias formas, sendo as cartas, a mais tradicional, apesar de existir uma técnica, é a conjunção da força astral que garante o êxito, e as ciganas são profundamente conhecedoras das mazelas humanas, isto faz com que digam e façam jus ao velho ditado “As Cartas Não Mentem Jamais”. Mesmo as ciganas mais abastadas exercem seu ofício de cartomante ou de consultora de oráculos. As Cartas revelam o caminho, mais não obriga ninguém a segui-lo, porque Deus nos deu o livre arbítrio. Quando revelamos parte do caminho a alguém, sabemos da responsabilidade que nos é imputada, conceitos serão dados, mensagens serão transmitidas, clientes erguerão seus castelos. Por isso as ciganas jogam, por ajudar, pela fé, e pelo ato de amor devocional.
É possível que se aprenda a extrair a força interior que existe dentro de cada um de nós, quando buscamos o oráculo, qualquer um deles; com luz, inspiração, energia e amor, fazemos com que a essência comece a brotar em forma de intuição. E mesmo enfrentando várias controvérsias a respeito, escrevo na esperança de que o saber “oracular” seja muito útil, estando ao alcance da mão de quem procura.
Os ensinamentos do Universo Cigano se concentram no seu maior bem, que e a mediunidade. A mediunidade pode também se manifestar em qualquer idade, como também poderá deixar de acontecer. O poder mediúnico é considerado normal por alguns povos, como o Povo Cigano. E este poder astral por vezes se apresenta na mais tenra idade. Os que se descobrem médiuns que incorporem Mestres Ciganos ou não, devem estudar todas as formas de mediunização, magia e ciência, escolha o caminho que mais se identifica com você, o que seu coração lhe indicar, se familiarizar com as forças astrais, conhecer os inúmeros tipos de trabalhos astrais /mediúnicos, saber que todos possuem esta faculdade e estão aptos a esta atividade em diferentes graus. (Porque não detemos nenhum tipo de poder especial, este poder pertence ao universo), a crença, a fé e o respeito são fatores preponderantes para quem deseja explorar o poder mediúnico, sem eles não há condições que propiciem a ação, concentração absoluta para estar em contato com as forças astrais, por treinamento se consegue. Não tenha pressa, seja passivo e receptivo, se você trabalha com algum tipo de oráculo (você mesmo somente com a imantação dos Mestres, sem estar incorporado), tenha em mente que seu instrumento (oráculo) não tem nenhum poder mágico. Através de sua força astral em casamento com as forças do universo, é o que faz produzir o efeito da mediunidade, ainda no caso de oráculo, guarde-o com carinho para que outras energias não entrem nele, acenda uma vela prateada na lua crescente para o seu anjo de guarda, e peça a ele de todo coração que permita que seja aberto o seu canal para trabalhos mediúnicos, exercendo trabalhos em linhas específicas (no caso a linha Români), tenha muito amor para com as Entidades (todas) que lhe oferecem proteção, tenha respeito e amor a Deus acima de todas as coisas, e seja feliz com o despertar de seu poder mediúnico. Todos nós carregamos vibrações mediunicas, podemos dizer que a manifestação desta faculdade é classificada em alguns tipos de mediunidades mais conhecidos como: Mediunidade falante, incorporativa, auditiva, clarividente, curadora, de psicografia, oraculadora, intuitiva e sensitiva. Muitos nascem com esta aptidão natural, outros descobrem que podem “despertar”, afinal, Treinamento e lapidação do que já existe, nasce de processos iniciáticos complexos e de longa duração. Registrando humores, emoções e outras sensações captadas através do corpo físico ou oráculos. Os Espíritos Ciganos são entidades que já passaram por uma série indescritível de dificuldades, que quando chamadas ao trabalho, chegam com muita disposição, fazem tudo que estiver ao seu alcance para ajudar. Inclusive revelando oráculos que podem servir de instrumento valioso, para enfrentarmos as intempéries da vida material e espiritual.

4 comentários:

cezarina disse...

Querida Ramona:
Adorei essas novas postagens!
Tudo o que escreves é muito bom de ler...A gente aprende,sempre,contigo!
A tua escrita espelha a profunda sabedoria do nosso querido povo cigano!Cada vez mais me orgulho dele!
Um forte abraço cigano.
(se tiveres tempo vem me visitar no blog...Adoraria tua visita!Bjos.)

Ramona Torres disse...

Querida Cezarina, fico feliz de que tenhas gostado, mas sabes que sou somente instrumento! Tambem me orgulho muito de ti viu, minha cigana. Visitarei para ver e vibrar com o teu brilho. bjs grandes.

A arte de viver a arte disse...

Oi descobri o seu blog,assim*(como num passe de mágica!)rsrsrs
E tenho uma dúvida.Meu bisa avô por parte de mãe(era ou é cigano)Até então os caminhos da familia se distanciaram através das gerações e misturas.Posso até dizer que isso ficou perdido na estória da familia.Más eu sinto forte ligação com o povo cigano desde a infancia.Será que eu posso me considerar descendente cigana
desde de já obrigada,e parabéns pelo seu blog.Desejo a tí muita sorte no seu caminho.

anne disse...

Lindo blog, muito bem esclarecido sobre mediunidade, parabens Ramona, encontrei seu blog por acaso, mas como costumo dizer nada e por acaso,bjss